quarta-feira, 4 de setembro de 2013

A Força do Amor V

Saudações Amantes da Irmandade,

Bem!!!!!!!!!! Vocês estão a gostar disto han?! *riso* sim, está excelente, caramba eu adoro receber as vossas histórias...e entrar na vossa cabeça. Vocês fazem excelentes trabalhos!!!! Parabens Francisca, continua assim, e manda nos mais. A malta agradece *riso*


Boas Leituras!

Quando o rei mencionou a sua shellan Blake pensou também na sua e no seu filho, como estariam eles?
 - Não tem de agradecer, meu senhor.
Quando tudo ficou silencioso Blake disse – Apesar de tudo eu sei que vocês não confiam em nós, mas eu gostaria de pedir-vos uma coisa: - Gostaria de poder falar com a minha shellan. Ela já está sem notícias minhas e dos irmãos há meses e pelo que a médica disse eu vou ter de continuar aqui por uns tempos, ela espera a minha cria, estou preocupado com ela. Por favor – implorou.
Ninguém disse mais nada, os Irmãos saíram e Blake ficou sozinho.
O rei, os Irmãos, John e Blay seguiram até ao escritório.
 - O que acham que fazemos com eles?
 - Eu acho que não são aliados do Xcor, eles passaram por muito e tudo o que contaram bate certo.
 - Com tudo o que se passou, no atentado a Wrath no outono e com Layla, Xcor não ia arriscar tudo, tentando o mesmo truque duas vezes. Além disso o tal Blake salvou a vida do John.
 - Sim se não fosse ele a esta hora provavelmente eu estaria num caixão – disse John por linguagem gestual.
 - Meu senhor, disse Vishous. – Tal como pediste investiguei tudo o que podia sobre eles. Quando os pais deles morreram a glymera fez com que ficassem sem nada. Eles não têm nada contra nós.
 - Meu senhor, disse Thor – Eu acho que devíamos contactar a shellan dele, ela deve estar preocupada.

 Wrath beijou Beth e assentiu. – Muito bem então. V tu ficas encarregue de a trazer até nós, combina tudo com o Fritz.
****
Aquele maldito relógio devia estar avariado parecia que não andava de todo. Quantos dias mais já teriam passado?
A passagem do tempo sem Blake era insuportável. Os minutos pareciam dias, os dias semanas, as semanas meses e os meses anos.
Annabelle levantou-se e dirigiu-se à pequena mesa, pegou no telefone, ia marcar o número de Blake quando o telefone tocou.
 - Estou, Blake nallum, como estás? Onde é que estás? Estás ferido? Os meus irmãos estão bem? Uma torrente de perguntas saiu disparada, só alguns minutos depois é que Annabelle notou que não era Blake que estava do outro lado.
 - Quem és tu? Onde é que estão o meu hellran e os meus irmãos? – disse com uma voz furiosa.
 - Eu sou Vishous filho de Bloodletter guerreiro da Irmandade da Adaga Negra e o teu hellran e irmãos estão connosco. – Nós queremos levar-te até eles. Está pronta ao por do sol um dos nossos doggens irá buscar-te.
- Espera, não desligues! Por favor – suplicou. – Diz-me eles estão bem, eu quero dizer estão… a última palavra saiu a custo – vivos?
 - Sim – respondeu a voz do outro lado e desligou.



1 comentários:

Que nervos! Os capítulos são tão pequininos XD

Até há próxima publicação! ^^