Na Sombra do Destino

Na Sombra do Destino e/ou eBook
Irmandade da Adaga Negra - Volume VIII
de J. R. Ward; Tradução: Luís Santos

Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 722
Editor: Casa das Letras
ISBN: 9789724621425

Sinopse

Os romances da Irmandade da Adaga Negra, de J. R. Ward, apresentaram aos leitores um mundo diferente, criativo, obscuro, violento e completamente incrível. Enquanto os guerreiros vampiros defendem a raça dos seus assassinos, a lealdade de um macho para com a Irmandade será posta à prova - e a sua perigosa natureza será revelada.

John Matthew percorreu um longo caminho desde que o encontraram a viver com os humanos, desconhecendo, por completo, a sua natureza vampírica. Quando foi resgatado pela Irmandade, ninguém podia imaginar qual era a sua história ou a sua verdadeira identidade. Na realidade, Darius, o Irmão caído, retornou, mas com um rosto diferente e um destino completamente marcado. Quando uma violenta vingança pessoal arrasta John até ao coração da guerra, ele terá de contar não só consigo próprio mas também com quem ele foi antes. Só assim poderá enfrentar e erradicar o mal encarnado.

Xhex, uma assassina symphath, há muito que lutava contra a atração que sentia por John Matthew. Já tendo perdido um amante para a loucura, ela não permitirá que nenhum outro homem que ame fique preso na escuridão da sua vida perversa. Contudo, ambos descobrem que o amor, tal como o destino, é inevitável para as almas gémeas.


Classificação: 5/5

Cada livro da colecção da Irmandade da Adaga Negra centra um dos Irmãos, ou seja, um dos Guerreiros desta Irmandade. O sétimo livro, Na Sombra do Destino, é sobre John Matthew, o Irmão que está destinado a amar aquela que noutra vida ajudara a nascer.

Todos pensam que John Matthew é filho de Darius, Irmão falecido da Irmandade, no entanto nem tudo é o que parece. John é, na verdade, Darius reencarnado.
Ainda enquanto Darius, num passado remoto, o Guerreiro salvara uma fêmea que fora raptada por um sympath, tendo engravidado deste. Assim sendo, Darius assistiu ao nascimento da mestiça, de nome Xhexania, mais conhecida por Xhex. Algumas décadas depois, Darius reencontra Xhex enquanto John e ambos se apaixonam, mas esta relação não será fácil, visto Xhex ser meio sympath.

Eu deveria cotar este livro com 6 valores ou mais, mas não posso. Digo isto, pois este é o meu livro preferido da irmandade até então, e já li todos os que saíram no país. E então porquê, perguntam vocês? Há amor, sexo, ação, drama, tal e qual como nos restantes livros, mas as dosagens são bem repartidas e mais profundas. Este livro fez-me entrar na história, sentir os personagens de uma forma que nenhum dos livros anteriores da série conseguiu.
Xhex é uma mestiça, metade vampira, metade sympath, e toda a sua vida sofreu por saber que, além disso, era consequência de uma violação e que a morte da sua mãe fora, em parte, culpa sua. A sua infância foi passada na procura de um lar, um lugar onde pertencesse, mas a sorte nunca esteve do seu lado. Quando conheceu Rehvenge, conheceu o mais próximo de família que alguma vez tivera. Mas a sorte voltou a fazer das suas e levou a que Xhex perdesse o amor da sua vida devido ao seu lado sympath. Tudo isto levou Xhex a fugir do sentimento que cresce cada vez mais por John, o rapaz mudo e escanzelado que se transformou no vampiro mais fantástico que alguma vez conhecera.
John amara Xhex desde o momento em que a viu pela primeira vez. Na altura, John era apenas um miúdo pré-transição, escanzelado e frágil, mas essa fragilidade não era apenas física, era também psicológica. John tem um passado muito parecido com o de Xhex. Passou a vida à procura de um lugar onde pertencesse, de alguém que o amasse. Essa busca só lhe trouxe abandono e abuso.
Duas almas frágeis que se apaixonam, podem unir os cacos mutuamente e transformar-se numa só alma, mas para isso é preciso que uma vida de sofrimento possa ser deitada para trás das costas, e o primeiro passo é partilhar.

0 comentários: